Itacaré Web Gospel

Translate

VERSÍCULOS BÍBLICO

Seguidores.

Google+ Followers

Comentários

Google+ Badge

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Campanha para Marco Feliciano se candidatar a presidente da República em 2014 tem mais de 65 mil apoiadores no Facebook

Uma montagem feita com uma foto do pastor Marco Feliciano e a faixa presidencial está sendo compartilhada por usuários do Facebook, e já superou a marca de 65 mil compartilhamentos. A campanha pede que os favoráveis a uma candidatura do pastor à presidência da República já em 2014 compartilhem a imagem para demonstrar força nas redes sociais: “Campanha urgente: Marco Feliciano presidente do Brasil”, diz o texto descritivo da imagem. O mesmo texto afirma que a ideia é alcançar mais de 30 milhões de compartilhamentos, e pede que os internautas não copiem a imagem, apenas compartilhem, para que a quantidade de pessoas empenhadas na campanha possam ser contabilizadas. Uma segunda imagem com comparações entre os deputados Marco Feliciano (PSC-SP) e Jean Wyllys (PSOL-RJ) também está circulando no Facebook e já superou a marca de 100 mil compartilhamentos e mais de 7,5 mil comentários. Na imagem, há dados sobre o número de votos de cada um dos deputados, além de comparações entre as bandeiras políticas defendidas por cada um deles, como por exemplo, a questão da PL 122. O texto da imagem diz que Feliciano “nunca ofendeu seu opositor”, e que Wyllys “vive chamando Marco Feliciano de racista e homofóbico”. A imagem quando compartilhada, toma ares de declaração pessoal do usuário, pois o texto encerra manifestando apoio ao pastor Feliciano: “Eu sou cristão, a favor da democracia, da vida e da família brasileira. Marco Feliciano me representa”. As manifestações contrárias a Jean Wyllys tem tomado grande proporção e seguido a mesma estratégia usada pelos ativistas gays contrários a Marco Feliciano. Confira abaixo, a imagem de apoio a Marco Feliciano compartilhada por mais de 100 mil usuários do Facebook:O texto da petição diz que Wyllys “vêm, com frequência, agindo de forma heterofóbica e contra a família brasileira, através de projetos de leis imorais que visam destruir a família brasileira, a moral e os bons costumes”. A petição ainda ressalta que a postura de Jean Wyllys transgride a lei: “Após repetitivos ataques contra o povo brasileiro, à igreja e contra qualquer um que se oponha às exigências feitas pelo deputado, pela falta de respeito para com a família brasileira e pela apologia que ele tem feito de uma ‘liberdade’ que fere vários incisos da nossa Constituição, nós pedimos a cas

Nenhum comentário:

ESTUDOS NOTICIAS INFORMAÇÕES E MUITO MAIS

Pesquise Aqui!

Itens compartilhados de Marcelo

Musicas

Ocorreu um erro neste gadget

Minha lista de blogs